Um milhão de kernels linux rodando ao mesmo tempo

Standard

Cientistas do Laboratório Sandia na Califórnia conseguiram colocar UM MILHÃO de kernels linux rodando ao mesmo tempo para analisar o comportamento de botnets.

Botnet é um termo relacionado a uma rede de software autônomos, frequentemente desenvolvido por criaturas do mal que desejam tornar sua vida um inferno.  Devido a sua característica paralela e multivariável esse tipo de rede é muito difícil de analisar no mundo real.

linux_sandia

Liderados por Ron Minnich (frente) e Don Rudish (fundo) e usando o supercomputador Thunderbird, do próprio Laboratório Sandia, com 4480 servidores Intel Xeon, os cientistas foram capazes de criar um milhão de máquinas virtuais para simular um ambiente real de propagação e atividade de botnets.

Esta simulação permitiu rodar um ambiente equivalente a 10 milhões de máquinas na internet ao mesmo tempo. Agora os pesquisadores estão esperando um computador capaz de rodar 10 milhões de kernels para simular uma rede com 100 milhões de máquinas. Uau!!!

O projeto, com o objetivo de tornar as redes mais seguras estã recebendo patrocínio do próprio Laboratório Sandia e da Administração Americana de Segurança Nuclear. Esta tecnologia, segundo os pesquisadores, citados no artigo original, vai permitir, em algun anos, um grande avanço e campos tão diversos quanto a previsão do tempo e busca de novos remédios.

Notícia Original