Sulamita Garcia: Uma mulher brasileira na Intel

Standard

Sulamita saiu de Florianópolis como usuária Slackware para se tornar a gerente de estratégia Linux e Open Source da Intel para a América Latina.

Uma das mais destacadas representantes do sexo feminino na comunidade tecnológica nacional Sulamita (ou Su) é ativa defensora do software livre e de código aberto. Participou ativamente na fundação do braço brasileiro das LinusChicx ajudando em várias ações de divulgação e suporte a tecnologia nacional via aplicação do software livre.


photo credit: pjf@cpan

Na foto a Sulamita é que está com a blusa branca. Ainda não tive o prazer de conhece-la pessoalmente. Quem sabe esse ano nos encontraremos na Latinoware.

Formada em ciência da computação, administradora de sistemas, certificada LPI. Sulamita está vencendo em dois ambientes difíceis ambos dominados por homens: Tecnologia da Informação e Software Livre.

Com todo o trabalho que tem realizado na Intel, na comunidade slackware, no gnome, divulgando e defendendo o software livre Sulamita merece estar aqui nessa série de homenagens às mulheres na tecnologia.

Série em Homenagem as mulheres:
Primeira parte: Ada Lovelace. Tudo começou com ela
Segunda parte: As mulheres que programavam o Eniac
Terceira parte: A mulher mais poderosa do mundo da tecnologia
Quarta parte: Sulamita Garcia: Uma mulher brasileira na Intel
Quinta parte: Tatiana: Vendo em 3d o que todo mundo vê em 2d

4 thoughts on “Sulamita Garcia: Uma mulher brasileira na Intel

Comments are closed.