Robô mais feio do mundo aprende expressões faciais

Standard

Cientistas da Universidade da Califórnia em San Diego desenvolveram um robô que está aprendendo a mostrar emoções através de expressões faciais.

Usando uma face robótica composta de 31 musculos, ativados e controlados por servo mecanismos, o sistema é capaz de reconhecer e reproduzir suas próprias expressões faciais para emoções simples.

Einstein BotO robô é colocado em frente a um espelho e usando um algorítmo de reconhecimento de expressões faciais o robô é capaz de aprender o momimento dos musculos e relacioná-los com as expressões faciais. Uma vez que o robô tenha aprendindo a expressão, é capaz de reproduzi-la instantâneamente.

Recentemente correu a internet a notícia que o robô havia aprendido a sorrir.  Até ai, como diria o cara depijama, morreu o neves.

Os pesquisadores, há muito acreditam que as crianças aprendem as expressões faciais imitando o comportamento dos pais.  O robô, além de servir para o estudo de redes neurais e mecanismos de aprendizado cibernético está sendo usado em um estudo com crianças autistas com uma síndrome específica. O objetivo é usar o algoritmo de reconhecimento de expressões faciais e o robô para aumentar a capacidade de reconhecimento e expressão de emoções em crianças com essa síndrome.

Caso não tenha percebido, o robô em questão tem a cara do Eintein. O cara depijama acredita que a experiência teria mais sucesso se ele fosse parecido com a Angelina Jolie ou seu marido.

Ps. Finalmente arranjei uma desculpa para inserir uma foto da Angelina Jolie nesse blog. 🙂