Robô controlado pela mente

Standard

A Honda, inventora do Asimo, acaba de divulgar um sistema de controle de robôs controlado pelas variações elétricas que ocorrem no cérebro quando pensamos.

O sistema consiste de um capacete e um equipamento gigantesco para ler e identificar as correntes cerebrais e transformar em comandos que podem ser entendidos e obedecidos pelo Asimo. O conjunto capacete e equipamento gigantesco fazem um equipamento de ressonância magnética funcional que permite identificar as variações na corrente elétrica do cérebro e algumas diferenças de pressão sanguínea em capilares que, somados e interpretados fazem a mágica do lado humano.

Identificado o controle, a parte do robô ficou simples. O Asimo é uma máquina extraordinária que já fez coisas incríveis no campo da mobilidade e sincronismo. Acredito que essa tecnologia seja um passo importante no controle de máquinas e possa ajudar, não só a criação de novos produtos que nem imaginamos ainda mas também seja uma grande oportunidade de ajuda e independência para pessoas com deficiências locomotoras.

É claro que não gosto nem um pouquinho dessa história de ler pensamentos.

Notícia Original e Press Release da Honda

2 thoughts on “Robô controlado pela mente

  1. valdenilson

    É muito interessante.Vejo nessa nova ideia,um novo tipo de jogo mais real.(combate)Gladiadores mecanicos.Quando si aperfeiçoar mais,os robozinhos serao menores e mais rápidos.Veremos o outro adversario frente a trente num combate mecanico.Tambem muito util sera para os vigilantes.Gostei da ideia,pensei que nao iriam concluir o trabalho.

  2. Games? Futebol de Asimos? Vale tudo de robôs? Sem dúvida muito boa idéia, se der dinheiro acaba acontecendo antes deles substituirem os humanos em tarefas como mineração e siderurgia. 🙂

Comments are closed.