Registro burocraticamente detalhado do holocausto

Standard

Encontraram mais de 60 milhões de documentos do holocausto na cidade de Bad Arolsen. Este arquivos ficaram escondidos do público por 60 anos agora estão sendo estudados e o repórter Scott Pelley da rede estadounidense CBS esteve lá.

meninos em campo de concentração nazista

Encontrou mais de 50 quilômetros de estantes cheias com 50 milhões de páginas de documentos contendo 17 milhões de nomes de pessoas que foram brutal e sadicamente assassinadas com detalhes burocráticos tais como dia, hora, minuto forma de execução e, em alguns casos fotos detalhadas das atrocidades.

Com precisão germânica os arquivos estão catalogados de acordo com o tipo de executado. Judeu, católico, homosexual, etc.. Entre as atrocidades agora documentadas estão as comemorações dos aniversários de Hitler. Nestas datas separavam-se 30 pessoas e durante uma hora, matavam um a cada dois minutos a tiros de revolver.

Sessenta anos após, um século completamente novo, milhares de sobreviventes e testemunhas oculares de dezenas de nações e ainda existem aqueles que propagam a idéia de que o holocausto nunca existiu.

Você pode ver a reportagem na íntegra, em inglês, aqui. Se entender, não deixe de assistir. As imagens são chocantes e os fatos impressionantes mas passe por isso. Essa é uma forma de lembrar o quê um grupo de fanáticos levados ao poder por um regime democrático representativo pode fazer.

Nada muito diferente do que fizemos na inquisição, na revolução francesa, nos regimes autoritários da URSS, Vietinan e América do Sul. Nada que a humanidade não esteja disposta a repetir. Talvez, só talvez, se estudarmos documentarmos e discutirmos esse tipo de coisa criemos as salvaguardas necessárias para impedir que esse tipo de coisa aconteça.

Notícia Original

2 thoughts on “Registro burocraticamente detalhado do holocausto

  1. Diogo Fernandes

    Realmente, o documentário é fortíssimo. Mostra a realidade de uma das atrocidades mais vorazes do mundo e infelizmente, a humanidade ainda poderá presenciar acontecimentos ainda mais piores do que este.

Comments are closed.