Processo de envelhecimento revertido pela primeria vez. Em ratos!

Standard

Pesquisadores do  Dana-Farber Cancer Institut da Universidade de Harvard afirmam terem conseguido reverter, pela primeira vez, os sinais do envelhecimento. Resultado em crescimento do cérebro, recuperação das funções cognitivas e melhoria nos níveis de fertilidade. Não saia correndo para Boston. Por enquanto, só em ratos.

O professor Ronald A. DePinho conseguiu essa reversão com reengenharia genética do gen responsável pela manutenção dos telômeros. Um cromossomo é uma cadeia longa de DNA com as extremidades limitadas por telômeros, que funcionam como estruturas de suporte. Estas estruturas de bases repetidasTTAGGG em uma extremidade e AATCCC  na outra carregam alguns segredos sobre o envelhecimento e o câncer. Todas as vezes que uma célula se reproduz o comprimento dos telômeros diminui. Assim é possível saber quantas vezes uma célula ainda pode se reproduzir medindo este comprimento.

Documentada a reversão do envelhecimento, verdadeira fonte da juventude

Cromossomos em contraste infravermelho, as pontas brilhantes são Telômeros

Os cientistas criaram ratos com uma espécie de chave, usando um gen que controla a produção da enzima telomerase, perimindo a criação de ratos velhos. O mesmo gen pode, então, ser acionado, produzindo a telomerase, permitindo o acompanhamento do processo de rejuvenescimento.

Do ponto de vista dos humanos, ainda estamos longe. Uns 10 anos longe…

Noticia Original: Harvard Gazette