Outro meteorito, desta vez sobre o Colorado

Standard

Na noite de 5 de novembro, próximo passado, foi registrada a explosão de outro meteorito de grandes proporções. Desta vez no Colorado – EUA.  As imagens foram gravadas pela câmera aberta de um telescópio local.

O astronomo de plantão, Chris Peterson declarou que, em sete anos de observação, esse é o maior meteorito que ele teve a sorte de gravar.

Essa coisa começa a me preocupar.

Só para lembrar: Na manhã do dia 30 de junho de 1908,  uma bola de fogo devastou o vale do rio Tunguska, no remoto norte da Sibéria, União Soviética. O provável meteorito explodiu com força equivalente à de uma bomba 1 500 vezes mais potente que a de Hiroxima e destruiu 60 quilômetros quadrados de floresta. Se fosse sobre uma cidade grande teríamos milhões de mortos.

Acrescente a isso que, recentemente, as Nações Unidas publicaram um comunicado declarando que o planeta Terra precisa de um escudo anti-meteoros e um pouco de Teoria da Conspiração e… Pronto! Temos o enredo de um filme catástrofe conosco como protagonistas.

A gravação do meteorito do colorado se encontra no link no fim da matéria. E aquie está o link para o artigo sobre o Meteorito do Canada.

Para Saber Mais: Nações Unidas pedem escudo anti-meteoros(Inglês), Meteorito do Colorado(Inglês), Tungunska