Os 7 passos para trabalhar efetivamente online com Webmarketing

Standard

Trabalhar na internet deve ser uma das atividades profissionais mais difíceis de hoje em dia. A internet é um bicho enorme de 7 cabeças que come tempo. Basta uma pequena distração e lá se vão duas ou três horas sem que você perceba. Para ter sucesso no web marketing primeiro, você precisa matar este bicho. Infelizmente, nenhum de nós é o Hércules mitológico que matou o bicho cortando todas as cabeças com um golpe só. Aqui na realidade chata e maçante não existe esta solução mágica.

Trabalhar efetivamente na internet para ter sucesso no WebMarketing

Imagem de: The Consortium

Não é possível ter sucesso na internet sem web marketing e não é possível fazer web marketing sem trabalhar online. Então, para ter sucesso no web marketing, e vender mais, é preciso trabalhar efetivamente na internet. Parece complicado? Fique tranquilo é complicado mesmo.

Por outro lado, algumas pessoas conseguem trabalhar online efetivamente sem desperdiçar tempo e, de vez enquanto, algumas delas conseguem até vender online. Conversei com várias destas pessoas ao longo dos últimos meses, informalmente, para descobrir como elas conseguem trabalhar efetivamente e ainda ter sucesso fazendo web marketing e dividi o conhecimento adquirido em três artigos. O primeiro, este que você está lendo, contém os 7 primeiros passos para trabalhar efetivamente online

  1. Aprenda a gerenciar seu tempo. Divida o seu dia em tarefas com horário para começar e para terminar. Os horários são fundamentais para o sucesso. Comece na hora marcada e termine na hora marcada mesmo que a tarefa não tenha sido concluída. Faça isso durante uma semana e reavalie seus tempos. Pode ser que a primeira divisão tenha sido muito otimista.  Uma forma inteligente de fazer isso é usar as tecnologias de gestão de projeto para organizar as tarefas do dia. O Asana é o que há de melhor nesta área, não só para gestão de tarefas em grupos mas para você também.
  2. Certifique-se que você é o dono do seu site, conteúdo e dados. Não é raro encontrar empresas na internet que estão desprezando seus maiores ativos. O maior ativo de um site é seu domínio. Invista em um domínio próprio, se é que ainda não tem um. Certifique-se que, a qualquer momento você possa trocar de hospedagem sem perder o domínio, sem perder seus dados e sem perder o design e as funcionalidades do seu site. Em geral, basta manter uma rotina de backup particular e ativa. Não confie no seu provedor para o backup!
  3. Poupe tempo gerenciando suas senhas. Assine um serviço como o Keepass ou 1password e o use o Dropbox. O Dropbox permite que você mantenha seus arquivos sincronizados em várias máquinas em todas as plataformas que consigo pensar e os gerenciadores de senhas, permitirão que você use senhas realmente seguras em todos os sites que frequenta sem que tenha que ficar memorizando senhas. Euzinho uso o 1Password, custou US$59,00 mas valeu a pena. Integrado ao Dropbox, tenho todas a senhas em um lugar seguro e só preciso memorizar uma.
  4. Analise seu analytics. O Google analytics, além de gratuito é uma das mais poderosas ferramentas de avaliação de tráfego disponíveis. Mas, não basta abrir o analytics e ficar olhado para ele. Estabeleça metas e configure o Dashboard para exibir o resultado destas metas. Estabeleça valores e acompanhe estes gráficos.  Certifique-se, principalmente, que o analytics seja seu. Você controle a conta. Se preciso for, crie uma conta no Google só para isso. Um dos meus melhores clientes teve que começar as análises estatísticas todas do zero só porque trocou de agência de web marketing e o histórico da sua empresa ficou com a agência anterior.
  5. Acompanhe o número serp das suas páginas. Não adianta digitar suas palavras chaves no Google e procurar sua página. Cada pesquisa é diferente e os novos algoritmos do Google farão com que sua página esteja melhor colocada para você. Eles levam em consideração, desde o que as pessoas que usam o computador procuram, até onde elas estão no mundo. Então você precisará de um serviço independente para isso. Use, por exemplo o WhatPageOfSearcheIAmOn, o nome é horrível mas o serviço é ótimo. Na opção avançada você pode escolher o google.com.br, por exemplo, e ver os resultados sem influência dos cookies nos seus computadores.
  6. Não espere ou acredite em milagres. Se, qualquer um, lhe prometer sucesso imediato em curto prazo e baixo custo, ignore! Isto é impossível. Web marketing é demorado, trabalhoso e caro. Não existe solução simples, não existe solução ótima e não existe solução barata. Demanda tempo, atenção e dinheiro. Muito mais tempo e atenção que o marketing tradicional e, geralmente, o mesmo investimento. Não basta colocar o site no ar, ele precisa ser acompanhado, testado, modificado, reescrito, testado e repensado constantemente. E, acompanhe pessoalmente. Uma das vantagens do analytics é que cada perfil pode ter vários usuários. Exija ser um dos usuários e acompanhe os resultados.
  7. E, principalmente, apenda a usar o Excel. O Excel é, por excelência, a melhor ferramenta disponível para avaliar dados. Sejam eles de que origem e formato. Aprenda principalmente tabelas dinâmicas e vlookup. Você não imagina o que pode fazer com estas coisas.

One thought on “Os 7 passos para trabalhar efetivamente online com Webmarketing

  1. Eliane Vujanski

    Este assunto é espetacular. Realmente qdo trabalhamos na internet o tempo passa muito rápido e por incrível que pareça eu sempre parei para pensar, porque será que passa mto rápido? Realmente é falta de planejamento. Este artigo ajudou e mto primcipalmente nas orientações dos passos.

Comments are closed.