Novell tenta recuperar a simpatia do mundo do software livre

Standard

Em um movimento inesperado e de profundo sentido promocional a Novell assinou um acordo com a Electronic Frontier Fundation para contribuir em um projeto de caça a patentes.

Quem leu meu artigo anterior, sabe que a Novell é a única distro que está protegida contra eventuais, e pouco prováveis, processos da MIcrosoft.

O projeto em questão contesta patentes que sejam óbivias ou excessivamente abrangentes buscando anular a validade desse tipo de patente. 

Além de participar nessa verdadeira caça as bruxas da propriedade industrial a Novell irá também participar com dinheiro em lobbies para atualizar a legislação de patentes.

A Novell é co fundadora da Open Source Inovation Network, já ofereceu usar suas patentes para proteger os softwares de código aberto e software livre sempre que for necessário. A política da Novell com relação ao software livre sempre foi e acredito que continuará sendo correta. A única mácula nessa reputação é o recente acordo com a Microsoft. Parece claro que o movimento recente é apenas para lembrar a comunidade de software livre e código aberto quem é a Novell.