Microsoft em Negociações com o Yahoo!, pretende comprar o search

Standard

O Times Online, publicou um extenso artigo sobre um pretenso acordo entre Microsoft e Yahoo! para a compra do serviço de buscas deste por US$20 Bilhões pagos por aquela.

O negócio descrito na matéria incluiria a criação de um novo time de gestores captaneados por dois pesos pesados da indústria online (Jonathan Miller, ex CEO da AOL e Ross Levinsohn, ex presidente da Fox Interactive Media) um aporte de US$5 Bilhões para criar as condições ideais de trabalho para eles e mais US$5 bilhões que deveriam ser captados no mercado por eles. Em troca, a  Microsoft ficaria com uma opção de compra de todo o serviço de buscas por US$20 Bilhões valida por dois anos e um contrato de gerência do serviço de buscas por 10 anos.

A blogosfera e a mídia convencional online se dividem entre os que estão estupefatos e os que simplesmente não acreditam. Vou engrossar o coro dos que não acreditam mas, por minhas próprias razões.

Recentemente Jerry Yang abdicou do seu cargo como CEO, poucos dias depois, com as ações da empresa atingindo seu menor nível desde 2002, Carl Ichan, o super investidor que saiu em apoio a Microsoft e acabou ganhando uma cadeira no conselho diretor do Yahoo! aumentou sua participação na empresa, comprando 6.8 milhões de ações com isso fazendo o preço subir de US$10,00 para quase US$12,00 e sinalizando ao mercado que ainda acredita na empresa. É claro que a essa altura do campeonato ele tem poucas opções. Quando comprou ações em maio último pagou um valor aproximando de US$30,00. Somando o valor das ações que tem hoje ainda não chega perto do valor investido em maio. Ele não investiria mais dinheiro em um negócio que está fazendo água a não ser que ele saiba algo que eu não sei.

Steve Ballmer, o todo poderoso manda chuva da Microsoft declarou, também há poucos dias, que não está interessado no Yahoo! mas, pode ser que ainda exista algum sentido na compra do serviço de buscas. Fico imaginando porquê. O Ativo menos promissor do Yahoo! é justamente o serviço de buscas.

Saving is for wimps!  I have a plan for affordable housing.
Creative Commons License photo credit: woodleywonderworks

O serviço de buscas do Yahoo! ocupa, atualmente a segunda posição no mercado perdendo apenas para o Google o que, convenhamos, não é nenhum demérito. Então faria sentido comprar esse negócio certo? Não. Não faz sentido nenhum.

Comprando só o serviço de buscas do Yahoo! a Microsoft estaria mantendo o status quo e perpetuando a queda dramática que esse serviço está sofrendo nos últimos anos. O Yahoo! ainda tem 20% do mercado de buscas por que têm o Flickr, o Portal, o Yahoo! Finance, e mais um número enorme de serviços com uma parcela significativa de todos os usuários da Internet. Não só nos EUA mas, em todo o mundo. O tráfico do serviço de buscas é originado destes serviços, pelo menos assim acredito eu. Se assim for, comprar por US$20 bilhões uma parte de uma empresa que tem valor nominal inferior a US$16 Bilhões não faz nenhum sentido. Se o negócio for verdade, essa semana teremos festa no Google.

Para Saber Mais: Times online, Pura Ficção, Search Market Share