Microsoft condenada a pagar US$200 Milhões por violação de patentes

Standard
Por Amit Chattopadhyay

Segundo a Information Week a Microsoft foi condenada a pagar indenização de US$200 milhões por violação de patente em tecnologias usadas no Word para controle da formatação de textos.

Segundo o advogado da parte ofendida, uma corte federal, americana, no estado do Texas considerou a gigante de Redmond absolutamente culpada de violação de direitos de patentes da empresa canadense i4i referentes a um sistema de controle de formatação de textos usado no word.

Segundo a matéria original, a Microsoft ainda não se pronunciou sobre o caso. Essa não é a primeira, nem será a última vez que veremos uma empresa como a Microsoft sendo julgada e condenada, ao menos em primeira instância, por violação de direito de patentes.

Da forma como a legislação mundial de patentes está antiquada, tudo que podemos dizer sobre isso é que aqui se faz, aqui se paga. Pelo menos em termos de honorários advocatícios.

Update:

Relendo a notícia percebi que não incluí um pequeneo detalhe a patente em questão refere-se a tecnologias XML para controle da aparência de textos usando etiquetas embutidas no próprio texto. Tecnologia esta que foi usada e abusada nos Word 2003 e 2007.