Inventor acredita que tenha a solução para o problema do aquecimento global

Standard

Ron Ace, 69 anos, inventor, passou os últimos anos debruçado sobre o problema do aquecimento global. Agora ele acha que tem a solução. Jogar milhões de toneladas de água para o alto.

Lendo assim, a idéia parece estúpida e realmente é.

A idéia, cuja patente foi solicitada ao órgão responsável nos EUA, consiste em aspergir milhões de toneladas de água do mar diretamente na atmosfera e deixar que essa água funcione como um sistema de refrigeração baixando a temperatura do planeta em até 3,5 graus centígrados.

Segundo alguns especialistas em climatologia que rodaram modelos computacionais para avaliar o impacto dessa aspersão sobre o clima a idéia poderia funcionar.

Atlas, it's time for your bath
Creative Commons License photo credit: woodleywonderworks

O bom senso diz que sim, aspergir água no ar provoca uma redução da temperatura ambiente. Pelo menos a experiência nossa de cada dia diz isso. O problema é a quantidade de água e onde aspergir.

Segundo a notícia original, alguns modelos indicam que aspergir grandes quantidades de água no hemisfério norte seria efetivo e provocaria a redução desejada.

Rapidamente, milhares de listas de discussão e sites especializados estão debatendo a idéia. Os comentários vão desde: “Não seria possível aspergir a quantidade de água necessária sem aumentar o efeito estufa” até “melhor idéia dos últimos 100 anos”.

Eu acredito que sim, essa idéia pode realmente reduzir a temperatura do planeta, acho que seja mais barata que as soluções já propostas e que tem a vantagem de usar um componente abundante no sistema para controlar o próprio sistema além de poder ser ajustada para a maior eficiência e poder ser desligada ou ligada ao nosso bel parzer. Ainda assim a idéia é estúpida. Abaixa a temperatura sem devolver o sistema ao seu ponto de equilíbrio.

Baixar a temperatura sem retirar o carbono do ar, devolvendo a quantidade de oxigênio aos níveis de há 200 anos só vai prolongar o sofrimento do planeta e da raça humana. Tudo que essa idéia vai permitir é que continuemos a sujar o ar por mais 50 ou 100 anos. Além disso. a aspersão pode até ser novidade mas, já vi uns dois ou três malucos que querem provocar esse tipo de evaporação colocando uma lente em órbita para aquecer o oceano em lugares pré-definidos e provocar a evaporação necessária.

Notícia Original: Scientists doubt inventor’s global cooling idea _ but what if it works? – Yahoo! News.

12 thoughts on “Inventor acredita que tenha a solução para o problema do aquecimento global

  1. Mau

    A idéia é até interessante, a energia poderia no futuro vir até da luz solar, porém, o que talvez as pessoas se esqueçam é que o planeta possui um delicado equilíbrio climático, resfriar um determinado ponto pode interferir em outro ponto distante e aparente não conectado à região, exemplo disso é o aquecimento de pequena parte do pacífico que gera o el niño, afetando o clima da América do Sul violentamente. Todo tipo de problemas poderiam afetar milhões ou talvez bilhões de pessoas pelo mundo, enchentes gigantescas, secas poderiam tranformar ecossistemas em desertos, florestas prejudicadas, produções agrícolas, rios secarem, rios transboradarem, plânctom escasso, pesca prejudicada.

    Enfim, não vejo com bons olhos nenhum tipo de interferência na natureza.

    • Eu também concordo é a metáfora preferida do pessoal da teoria do caos: Uma borboleta bate asas no Nepal e provoca um furacão no Caribe. Intervenção só para retirar o lixo que colocamos.

  2. Admitindo-se como ensandecida a hipótese de provocar a aspersão a partir do espaço, temos que nos debruçar no método para aspergir a água desde a terra. O inventor pensou na quantidade de energia para realizar uma brutal movimentação de líquido? Porque, se forem quantidades pequenas, não funcionará. O problema restante é proveniente do calor gerado pela queima da energia responsável pela aspersão, o que talvez produzisse mais calor do que aquele que estaríamos tentando arrefecer.

    • Perfeito Isaías, algumas pessoas têm argumentado exatamente o seu ponto a quantidade de energia necessária e o custo desta energia em termos de poluição. Eu, modestamente, acredito que isso poderia ser solucionado com energia nuclear ou solar, ou mesmo eólica. Ainda me preocupa mais o conceito de esfriar sem limpar e, pensando sobre isso no fim de semana, lembrei dos planktons os micro viventes da superfície do mar, verdadeiros responsáveis pela produção de oxigênio. O processo de evaporação natural preserva esse seres e mantém a produção de oxigênio. Esse processo proposto, a primeira vista, me parece que seria um genocídio para esses animais o que afetaria a produção de oxigênio do planeta e terminaria por esquentar mais que esfriar. Obrigado por seu comentário.

  3. Perfeito Isaías, algumas pessoas têm argumentado exatamente o seu ponto a quantidade de energia necessária e o custo desta energia em termos de poluição. Eu, modestamente, acredito que isso poderia ser solucionado com energia nuclear ou solar, ou mesmo eólica. Ainda me preocupa mais o conceito de esfriar sem limpar e, pensando sobre isso no fim de semana, lembrei dos planktons os micro viventes da superfície do mar, verdadeiros responsáveis pela produção de oxigênio. O processo de evaporação natural preserva esse seres e mantém a produção de oxigênio. Esse processo proposto, a primeira vista, me parece que seria um genocídio para esses animais o que afetaria a produção de oxigênio do planeta e terminaria por esquentar mais que esfriar. Obrigado por seu comentário.

  4. Gutemberg

    E o Sal na atmosfera? e os animais que poderiam "subir pelo cano", e os corais… ninguém pensa na vida marinha?

  5. Por que não aparece um “inventor” pregando que a única solução para o aquecimento global é mudar hábitos, atitudes e diminuir o consumo supérfluo? Até quando a humanidade vai considerar propostas paliativas e mirabolantes que não envolvam a sua própria mudança de paradigmas?
    Acho que a crise global veio em boa hora para revermos todos os conceitos burros do século XX, todos calcados exclusivamente no consumo infinito de recursos finitos. A equação forjada no âmago do capitalismo é estruturalmente desbalanceada e, cedo ou tarde, redundaria em fracasso. É o que estamos assistindo/vivenciando. Sob o ponto de vista ecológico, só nos resta torcer para que a crise mundial se aprofunde, já que é a única possibilidade da humanidade fazer um turning point na sua rota suicida.

  6. Ian

    Eu acho que é melhor não mexer com a natureza. Porque o ser humano não tem a sabedoria suficiente para fazer isso. A natureza é perfeita, mas o ser humano não.

  7. Ninguém aqui tem conhecimento, nem base científica escondida no meio de tantos erros de português, para discutir uma idéia dessas, presumo.

    Me parece retardada. o.o

  8. Mano das mina

    Pow mano, essas treta ai de ficar levantando água do oceano, num vai dar certo não ta ligado?
    e as praia vei como vao ficar?
    O meu piscinão de ramos tem que continuar, ta ligado?
    A parada ai eh sinistra, coisa de ozama bin laden, ta ligado? os cara chega querendo interferir no que ja ta a maior zona mano…
    Devia era evaporar a agua de santa catarina, mano a treta lá ta pesada…
    Paz a todos
    É nois!
    Fui…

Comments are closed.