Segundo o Telegraph.co.uk, um garoto alemão de 14 anos foi atingido por um meteoro que resvalou em sua mão a 48.000km por hora.

Não faz muito tempo fiz um apanhado de coisas estranhas que caem do céu. Muitas delas perfeitamente explicadas de forma mundana. Dessa vez parece que é sério.

Segundo a matéria, Gerrit Blank de 14 anos estava indo para escola na cidade de Essen, quando viu uma bola de fogo no céu antes que uma pedra, quente, vermelha e do tamanho de uma ervilha atingisse sua mão e abrisse uma cratera de 30 cm de diâmetro no chão.

UAU!!!!

Aparentemente isso não é tão raro assim. Graças a uma matéria na Wired sobre o mesmo meteorito descobri uma página com duas listas interessantes sobre acidentes com meteoritos. Uma lista de “passou perto” e outra  de “atingiu em cheio”.

Então tá… vamos fazer o seguinte: Reler o artigo do Cardoso sobre o AirBus da AirFrance e colocar um pouco mais de salsa nessa festa. E se o avião tiver sido atingido por um meteorito?

Boa Essa? Gostou? Infelizmente a idéia não é minha. O blog Cosmic Variance pegou uma carta escrita por dois astrônomos para o New York Times em 1996 e fez uma boa análise da probabilidade disto acontecer.  Os astrônomos, na citada carta chegaram a uma chance em dez.

Uau de novo!

O texto do Cosmic Variance dá mais detalhes para quem entende inglês e probabilidades.

Para fazer coisas úteis com hardware livre, tudo o que você precisa é de um pouco de imaginação. Esse cara, por exemplo fez uma fantasia de Homem de Ferro para o filho dele, usando apenas software e hardware livre.

Infelizmente o site não tem um passo a passo mas, tem um diagrama em blocos que dá uma boa idéia de como fazer algo parecido.

Sem ironia: Passei horas pensando sobre isso e não encontrei melhor forma de gastar meu rico dinheirinho e anos de engenharia eletrônica do que fazer fantasias para meu filho.

Lançado o Fedora 11. A brincadeira do título é inevitável o codinome dessa versão é Leônidas. Convenhamos, espartana não é um adjetivo que me vem a mente quando leio as notas de lançamento desta versão.

Object photography: Grecian Helmet
Creative Commons License photo credit: nicubunu

Provavelmente vocês já ouviram falar do lançamento do Fedora 11. Então, não vou perder seu tempo falando a baboseira de marketing que está rolando na blogosfera. Gente muito mais capaz que eu para escrever bobagem já fez isso com você.

Vou apenas chamar sua atenção para um detalhe da nova distro. Virtualização.

O time de desenvolvimento gastou um tempo extra melhorando as capacidades de virtualização do sistema operacional. Segundo andam dizendo as boas línguas: tornou mais simples e eficiente o chaveamento entre host e guest, aumentou a segurança das máquinas virtuais e simplificou o wizard para a criação de máquinas virtuais além de aumentar a quantidade de  hardwares suportados.

Como virtualização é a palavra do momento, não me perguntem porquê, tenho aqui minhas dúvidas. e estou desenvolvendo um projeto que inclui, lstp, directory server e virtualização em uma sopa digna de mestre Chef Remy.  Já estou baixando a minha cópia para testes.

Se quiser maiores detalhes sobre essa versão deve dar uma olhada nas notas de lançamento.

ps. para quen não entendeu a imagem: Fedora, chapéu, Esparta…. deixe para lá…:)

Um script simples integra imagens da Terra em tempo real no seu fundo de tela.

O serviço é o Opentopia que, entre outras coisas, fornece imagens do planeta Terra atualizadas a cada hora. O script e o tutorial podem ser encontrados no site Ubunted de Cláudio Novais. O resultado será uma imgem do planeta mostrando a distribuição de nuvens e área iluminada.

O processo de instalação é simples, está em português e, melhor de tudo, funciona.

Está precisando rever os conceitos básicos? Praticar? Eu estou. Matemática não é como andar de bicicleta, se parar de usar esquece.

O Site e-Mathmathics colocou a sua disposição algumas centenas de exercícios online para relembrar (aprender?) os conceitos básicos da matemática. Indo desde aritimética até analize combinacional é uma excelente biblioteca de exercícios.

Não se assuste com o inglês. Os exercícios são, em sua maioria óbvios.