Watchmen. Eu li essa mini série quando foi publicada no Brasil pela primeira vez e até  hoje tenho todos os exemplares gufardados com carinho e segurança. Teremos, esse ano, um filme desta série que tal chegar no cinema com um pouco de física no bolso?

O Prof. James Kakalios da Universidade de Minessota discute em vídeo, em inglês a  física que poderia explicar os poderes do Dr. Manhattan. O prof. Kakalios foi consultor científico do filme.

E explica que usando super-heróis nas aulas de física ninguém pergunta: Onde diabos, eu vou usar isso na vida real?


Hoje é sexta-feira, Viva! Seu chefe não está olhando, o namorado ainda não ligou e você está… como direi? Aborrecida, pensando na vida… ainda com  a ressaca do carnaval cobrando seu preço. Afinal, de quem foi a maldita idéia de acabar o carnaval no meio da semana?

Um remédio pode ser jogar um pouco de paciência online.  O Tri Towers é uma boa opção para momentos de solidão e tédio.

Em um post em seu blog, Jim Zemlin, o atual diretor executivo da Linux Fundation conclama a todos que tenham calma, esperem pelo melhor e informa que a Linux Fundation planeja para o pior.

Tux and gnu love story
Creative Commons License photo credit: Francois Schnell

O artigo é direto e simples, como é seu estilo. Lembra que por enquanto a ação é direcionada para uma empresa e que não atinge o Linux propriamente dito:

De fato, Horacio Gutierrez, vice presidente da Microsoft e interino no conselho de propriedade intelecutal e licenciamento disse, especificamente que o processo não é relacionado ao Linux.

Além disso, Zemlin afirma que a Linux Fundation tem recursos suficientes e está preparada para enfrentar qualquer situação de disputa de patentes.

Você pode saber mais sobre isso lendo:

Microsoft abre processo por violação de patentes. Três relacionadas ao Linux

Microsoft X Tom Tom: As patente

Microsoft X Tom Tom: Tom Tom se defende


A companhia holandesa de navegação Tom Tom rejeitou hoje, quinta-feira, todas as alegações de violação de patentes da Microsoft.

No software patents
 photo credit: Phillie Casablanca

Como você viu aqui e aqui, a Microsoft entrou com um processo por violação de patentes contra a empresa Tom Tom, fabricante de sistemas de navegação assistida para veículos.

Nessa quinta-feira o sr.  Taco Titulare  porta-voz da emprea informou a jornalistas financeiros que a a Tom Tom rejeita todas as acusações feitas pela Microsoft e disse que a empresa irá “defender-se vigorosamente” .

Infelizmente faltou dizer como. De qualquer forma é exatamente isso que eu queria ver. As patentes sendo jogadas em um longo litígio que, de preferência, termine forçando uma posição das cortes superiores americanas ou, pelo menos traga o assunto a baila.

Notícia Original

Micro com 1.2 GHz., 512 MB de memória RAM, 512 MB de memória flash, uma porta usb e outra ethernet. Do tamanho de uma tomada de parede.  Precisa mais? USD$99,00. Precisa mais? Roda Linux 2.6.

O Marvell SheevaPlug é um computador completo para pequenos espaços e funções específicas. Não tem porta de vídeo, para que seja útil você terá que ligar um hub usb com vídeo, mouse e teclado. Ainda assim, com seu pequeno custo e tamanho pode ser a cpu ideal para quiosques, para usuários que não demandem muita potência ou para computadores dedicados.

Notícia Original

Como noticiado anteriormente, depois de anos de ameaças a Microsoft entrou com um processo por violação de patentes que inclui algumas patentes relacionadas ao kernel Linux.

Steve
Creative Commons License photo credit: Rain Rannu

O caso deu entrada na corte de Seattle hoje, vinte e cinco de fevereiro de 2009.

Três das supostas violações dizem respeito ao sistema de arquivos que os dispositivos da Tom Tom usam e podem ser diretamente ligados ao Linux.

O pessoal do Techdirt publicou uma lista da patentes em questão

As três últimas, referentes a nomes de arquivos (duas patentes diferentes com o mesmo nome) e o uso de sistemas de arquivo em dispositivos flash e ROM são responsáveis por todo o furor que atingiu a internet nesse fim de noite.

Se você se der ao trabalho de ler as patentes, ou pelo menos os “claims”, verá que todas as patentees são muito abrangentes e dão margem a um grande número de interpretações. O que se está expeculando por toda a internet é se essas três fazem parte das 200 patentes que, segundo a Microsoft, o Linux viola.

Se a Tom Tom não acertar um acordo logo nas primeiras instâncias teremos a oportunidade de ver como essas patentes se sustentam a frente de um tribunal de justiça.

Tom Tom é uma empresa que produz um sistema de navegação para automóveis de grande sucesso. Hoje a Microsoft entrou com um processo contra a Tom Tom alegando que a empresa viola 8 patentes da empresa, incluído 3 que são relacionadas a implementação do kernel do Linux.

Steve Ballmer
Creative Commons License photo credit: adpowers

Essa é a primeira vez que ouço falar de um processo por violação de patententes, por parte da Microsoft, que inclua uma referência ao kernel do Linux.  Durante anos a Microsoft tem falado sobre as supostas violações das patentes da empresa pelo kernel do linux sem, até agora, ter ido as vias de fato.

Segundo a notícia original: a Microsoft decidiu entrar com o processo depois de passar mais de um ano tentando chegar a um acordo com a empresa.  O Caso está na corte distrital de Seatle cinco das queixas dizem respeito a tecnologias de navegação veicular e as outras três são relacionadas a tecnologias de gerenciamento de arquivos.

Um press release da Microsoft anunciou um plano, Elevate América, cujo objetivo, segundo o próprio press release é treinar até 2 milhões de pessoas, durante os próximos 3 anos em tecnologia.

Steve answers Guy's questions
photo credit: DBegley

A iniciativa, ainda segundo o press release, visa ajudar as pessoas a encontrar trabalho decente, ajudar na preparação destas pessoas para o século XXI e, principalmente ajudar na solução da crise.

Me dei ao trabalho de navegar no site Elevate América e, até agora, tudo que vi foram descontos em treinamentos da Microsoft e franquia do exame de certificação.

Não é pouco, mas não é para tanto.

Ao longo dos anos uma das estratégias de maior sucesso das empresas de tecnologia foi justamente treinar pessoas nos produtos que elas vendem criando uma base de usuários fiel e sólida.  Não há nada de errado nisso, perde quem não consegue fazê-lo seja por incompetência ou por falta de visão.

O que é feio é usar uma situação estressante e penosa para milhões de pessoas em benefício próprio. A iniciativa é boa, mas esse véu de altruísmo pegou muito mal.

Em um congresso sobre mobilidade em Barcelona o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, criticou a Apple por ser muito fechada.

WEB DEVELOPERS!
Creative Commons License photo credit: Nick, Programmerman

Literalmente, segundo a matéria, ele disse:

“I agree that no single company can create all the hardware and software. Openness is central because it’s the foundation of choice.”
“Eu concordo que nenhuma companhia pode criar todo o hardware e software. Abertura é fundamental por que é a base da escolha.”

Sim, esse é o mesmo Steve Ballmer que dirige a empresa com a maior fatia do mercado mundial de software e que, até MUITO recentemente nunca tinha aberto uma linha de código sequer.

Nada como ter que enfrentar um concorrente que domina seu mercado e controla todas as portas de acesso para ver como a coisa fica complicada.

Da série: Pimenta no olho do outro é refresco.

Noticia original