Governo do Chile também vai distribuir computadores para crianças. Mas com uma diferença

Standard

Algumas vezes, gostaria de ser chileno.

Todo dia 21 de maio o presidente do Chile discursa diante do congresso. Este ano um tópico chamou minha atenção mais que os outros e me fez morrer de inveja dos chilenos.

En marzo del 2009, entregaremos un computador a los niños y niñas pertenecientes al 40 por ciento más vulnerable de la población que ingresen ese año al séptimo básico y que estén en el 30 por ciento de mejor promedio de notas de su nivel. Estamos hablando de más de 30 mil computadores de uso personal, que los alumnos se llevarán a sus hogares y aprovecharán con sus hermanos, familias y amigos.

Como tantos outros governos da América do Sul e de outros países em desenvolvimento, o governo Bachelet também vai doar computadores as crianças menos favorecidas economicamente.

Não vai doar computadores as crianças pequenas, mas apenas as crianças que já atingiram o sétimo ano básico. Crianças que já sabem ler, escrever, matemática básica e poderão usufruir da ferramenta.

Sim ferramenta.  Ao contrário do que meus pares da área tecnológica pensam o computador é uma ferramenta que está mudando o mundo tanto quanto a ferradura mudou no século XII.

Não vai doar computadores a todos, mas apenas aos que estiverem na faixa superior de rendimento escolar, uma faixa de 30% de maiores médias.

Comparado com o tamanho do Brasil a quantidade de cumputadores é ridícula. Ainda assim. são 30 mil máquinas usadas para dar oportinudades melhores aos que se esforçaram mais.

Dinheiro do povo usado para criar novas oportunidades recompensando quem se esforça mais. Criando um ciclo de recompensa para quem não tem oportunidade em troca do sucesso nos estudos. Nada poderia ser mais capitalista neste governo socialista.

Pelo menos neste ponto. Viva el Chile!!!!

Notícia Original.