Fazendo seu site aparecer

Standard

O site está pronto! bonito! funcionando! Tudo que a sua empresa precisa agora é que as pessoas venham até o seu site e comprem seus produtos e serviços. Normalmente, é nessa hora que a vaca vai pro brejo.

Muito se fala da internet e da revolução tecnológica que ela provocou, mas eu nunca li em nenhum artigo sobre marketing na internet a mais simples verdades de todas sobre essa mídia:

Desde o começo da história a internet é a primeira mídia onde o público alvo tem que ir até o anúncio. Na mídias tradicionais o anúncio nos pega de surpresa, na rua, no radio, na tv, no jornal etc.. O pobre do consumidor está ali desprevenido e de repente bam! Toma um anúncio na lata.

Por Search Engine People Blog

Tanto isso é verdade que uma das melhores estratégias de marketing na internet ainda é distribuir banners em sites específicos com a esperança que a audiência do site esteja interessada e clique. Essa estratégia demanda investimento. Coisa que a maioria das pequenas e médias empresas brasileiras só ouviu falar nas palestras e revistas.

Por outro lado, mais de 80% dos acessos em um site médio derivam de sites de busca. Google, Yahoo! Etc. Então que tal otimizar o seu site para que ele seja compatível com os algoritmos de busca dos sites de busca. Uma otimização simples pode aumentar muito o seu rank nesses sites e fazer com que seu site apareça na primeira página do google, por exemplo. Seo, o nome desta técnica, em inglês é Seo ou Search Engine Optimization. Não é simples, e ao contrário do que dizem por ai, requer prática, habilidade e tempo, muito tempo.

Este artigo discute o básico do básico da otimização de sites para que estes apareçam bem em sites de busca. Trata-se de uma lista de 11 pequenas providências que qualquer empresa pode tomar e que certamente irá melhorar sua presença nos sites de busca.

  1. Comece certo, antes de começar o site pense nos sites de busca e como eles irão encontrar seu site.
  2. Contrate uma datilógrafa. Sites de busca não indexam o conteúdo das imagens nem animações em flash. Sabe aquela animação linda, com todos os nomes dos seus produtos brilhando e voando de um lado para outro. Não serve para nada. É claro que, se além do flash seu site tiver o conteúdo correto no bom e velho texto, as animações por si só não criarão nenhum problema, o que cria problema é a falta delas. Faça um teste digite: design de sites web no goolge. E veja quantas empresas que realmente vendem design de sites aparecem. No meu google apareceram 2 entre os 30 primeiros resultados, nenhuma na primeira página.
  3. Tente colocar o maior número possível de palavras chaves nos seus textos. Por exemplo, eu gostaria muito que esse blog fosse referência em tecnologia e governança em ti. Assim, em vários textos eu tenho as expressões tecnologia e governança em TI. Dessa
    forma, se alguém procurar por tecnologia ou governança em TI pode ser que o blog Tecnologia e governança em TI apareça. Entendeu? Brincadeira. Não faça como eu fiz, os algoritmos de busca tem sistemas para detectar a densidade das palavras mais importantes da página. Então em um parágrafo curto como esse essa concentração dos termos do blog não ajuda em nada. As melhores palavras chaves são aquelas que são digitadas com freqüência nos sites de busca e que não são utilizadas por seus competidores.
  4. Pesquise seus competidores. E as palavras chaves que eles estão usando. Use o google trends para isso, é gratuito e útil. Por exemplo tente cabras,vacas,porcas como argumento de pesquisa. E observe que só a partir de 2006 pessoas tem procurado por porcas no google. Fico imaginando o que será que aconteceu para provocar esse súbito interesse por porcas. Eu não sei o que foi, mas foi em Portugal.
  5. Nome do seu domínio. Se você tem um site chamado vendocabras.com.br e alguém digita as palavras vendo e cabras em um site de busca existe uma grande chance do seu site ser o primeiro a ser listado. Mas observe que quem digita vendo cabras dificilmente está interessado em um site que vende cabras.
  6. URL. A url é importante para que os seus possíveis clientes lembrem de onde seu site está. Uma url do tipo http://qualquercoisa.com.br/kdffgeuww_dulesa?56dpaphp1, não representa nada para mim e nem para os algoritmos dos sites de busca, Por outro lado existe uma grande chance que http://www.qualquercoisa.com.br/televisores/sharp tenha um rank elevado em resposta a uma busca por televisores.
  7. Otimize seus meta tags. Alguns search engines ainda usam meta tags com um peso elevado na classificação da sua página. Tenha certeza que todas as páginas do seu site possuem pelo menos as quatro principais: robots, content type, keywords e description.
  8. Use as tags html alt e title para todas as imagens e animações, essa é uma forma elegante de colocar conteúdo no seu site, e usar as imagens e animações a seu favor.Crie uma página só com o mapa do seu site. Além de facilitar a vida dos algoritmos de busca, Esse mapa tem um peso muito grande nos algoritmos de classificação do google. Em um outro artigo, quando acabar a série sobre governança em TI (olha eu ai de novo!!:) ) vamos estudar esse algoritmo do google.
  9. Conteúdo. Todas as outras 9 dicas são inúteis se seu site não tiver conteúdo. Existem muito poucas pessoas por ai procurando nescau. Contudo existem milhares procurando por receita de brigadeiro. Então, se você quiser vender nescau, faça um site sobre receitas de bolos e brigadeiros e inclua nescau nas suas receitas.
  10. Contrate um profissional. Se seu site já está no ar, começou errado. Antes de qualquer coisa, o site tem que ser pensado por alguém que entenda de optimização de busca. Se não, corre o risco de ficar muito bonito, animado e nem seus funcionários visitarem o seu site.

Mesmo que tenha começado errado e nunca tenha pensado nisso. Contrate um profissional. Na internete tudo muda o tempo todo no mundo…. iiiii! me perdi de novo.

Se você quer um blog otimizado e com todas as ferramentas necessárias para ganhar dinheiro online clique aqui.