Debugando PHP? Eu encontrei o Eldorado!

Standard

Pequena biblioteca transforma o pesadelo de ler o valor de objetos em brincadeira de criança.

Estou, de novo, as voltas com um projeto desenvolvido por um bando de idiotas que não consegue escrever uma linha de comentário na porcaria de código que fazem. Deve ser a técnica do só-eu-sei-ninguém-pode-mexer também conhecida como técnica do sou-um-bosta-e-tenho-medo-de-perder-o-cliente.

O resultado a médio prazo do uso desta técnica de programação é a perda dos clientes e a longo prazo trabalhar em outra profissão. Em fim, passo mais tempo tentando entender o que esses “profissionais” fizeram do que programando. Entre um var_dump e outro lembrei que há algumas semanas um amigo chinês havia aconselhado uma biblioteca para isso… na época fiquei de ver e esqueci. Quem leva amigo a sério levante a mão!

Fui procurar o e-mail e encontrei o dbug. Muito bom. Fantástico!  Infelizmente é gpl. Bem, ninguém é perfeito. Para debugar um objeto é uma mão na roda. Duas linhas de código e pimba você tem a dita cuja exposta em uma forma organizada, colorida e legível.

[sourcecode language=’php’]
include_once(“dBug.php”);
new dBug($myVariable);
[/sourcecode]

E você obterá algo como na figura a seguir, se $myVariable contiver o resultado de um query.

Funciona para arrays, objetos, resultados de query e xml.  Quatro mãos na roda. Quando você estiver lendo isso eu já terei mandado um email agradecendo a dica.

3 thoughts on “Debugando PHP? Eu encontrei o Eldorado!

Comments are closed.