Cientistas russos, que nunca foram ao cinema, estão a 50m do Lago Vostok

Standard

 

O Lago Vostok,  uma massa de água, enterrada há MAIS DE 15 MILHÕES DE ANOS, sob uma camada de gelo com 4 km de espessura, na Antártida, está prestes a ser violado, perfurado, explorado pelos cientistas russos da base Vostok.

 

Com 250km de comprimento e 40km de largura o lago é grande o suficiente para sustentar um meio ambiente. Este meio ambiente capaz de sustentar vida está isolado da atmosfera e do resto do planeta Terra por MAIS DE 15 MILHÕES DE ANOS. Tempo este, mais que suficiente para a ação da evolução. Só para comparação: Há 15 milhões de anos, nossos ancestrais ainda não andavam em pé. O Corinthians não tinha sido desclassificado da libertadores, nem uma vez,  e o pijama não tinha sido inventado.

 

A foto a seguir, cortesia da Nasa, mostra a localização do lago.

 

707px-LakeVostok-Location

 

Existem dois probleminhas de nada, que os cientistas russos garantem ter resolvido. Um de dentro para fora e outro de fora para dentro. A broca, e dispositivos de pesquisa, são um risco real para todo este meio ambiente isolado. Por outro lado, seja lá o que estiver vivendo lá dentro, é um perigo real para todo o meio ambiente aqui fora. O que inclui você, eu, a torcida do flamengo, o time do Tolima e tudo mais que respira e vive nessa esfera.

 

Fiquem tranquilos. O projeto todo foi aprovado pelos governos que fazem parte do comitê que trata de ameaças ao meio ambiente da Antártida, em novembro de 2010. Sendo aprovado pelos governos, podemos ficar tranquilos, nenhum mal nos afetará. Desde a liberação, os russos estão perfurando sem parar. Hoje circulou na internet a informação que eles estão a pouco mais de 50 metros do lago

 

Provavelmente eles vão encontrar novas formas de vida, que descortinarão mais informações sobre nossa própria evolução. Principalmente porque já foram encontrados algumas vidas novas na água próxima ao lago.

 

new_vostok_cartoon_high

 

O cara DePijama, aqui do cantinho dele, acha que o risco é muito grande. Nossa tecnologia ainda é inaceitavelmente invasiva. Toda e qualquer observação que fizermos será uma violação, com riscos inaceitáveis. Mas, eu sou só um cara, de pijama, que vai muito ao cinema.

One thought on “Cientistas russos, que nunca foram ao cinema, estão a 50m do Lago Vostok

Comments are closed.