Protocolos Seguros

Standard

O começo da internet foi, para dizer o mínimo, inocente. Com o passar do tempo e o aparecimento de aplicativos comerciais percebeu-se a necessidade premente de aumentar o nível de segurança das transações, e acessos à informação, feitos via internet.

Continue reading

Criador do WordPress no Brasil

Standard

Confirmadíssimo! Matt Mullenweg o criador do WordPress virá ao Brasil. Participará da grade de palestrantes da Latinoware dentro do evento Cola-PHP (Conferência Latino Americana de PHP).

Matt é um dos fundadores da Automatic empresa avaliada em US$200 milhões e que é responsável por uma série de produtos desenvolvidos basicamente em php e software livre. Entre eles o WordPress, bbpress e Askimet. 

O COLAPHP é um mini-evento de php que está sendo organizado pela Latinoware em parceria com o Grupo de Profissionais de PHP do Brasil, o evento consiste em várias palestras técnicas de renomados palestrantes do Brasil e de outros países da América Latina.

Este ano a Latinoware ocorrerá nos dias 30/10, 31/10 e 1/11 na bela cidade de Foz do Iguaçu. Onde estáo as maiores quedas d’água do mundo, a maior hidro-elétrica do mundo e, se você for, breve o maior evento de software livre do mundo. Ô gente modesta sÔ!

 

O AdSense me Odeia! Graças a Deus!

Standard

Há algumas semanas que nenhum clique nos meus sites é contabilizado. Por contabilizado entenda “dinheiro no meu bolso”. Os cliques continuam acontecendo, na mesmíssima taxa de sempre em todos os sites, resguardadas as proporções. Mas nenhum deles gera qualquer valor.

Na primeira semana fiquei preocupado, enviei um e-mail que foi respondido 24hs (25 cliques) depois, com uma resposta elegante e padrão me explicando que não são todos os cliques de um site são contabilizados. Esperei mais 24 hs e mandei outro e-mail explicando que não eram alguns cliques de um site eram todos os cliques de todos os sites e, 24hs (58 cliques) depois recebi o mesmo texto explicando que nem todos os anúncios contam. Enviei outro e-mail informado que deveria ser um problema na minha conta já que todos os sites estavam com o mesmo problema. Finalmente, recebi um e-mail, não padronizado informando que havia checado meu site principal e nada havia encontrado de errado e que nem todos os cliques contam e blá … blá … blá.. Tentei ver se a conta estava bloqueada, li o fórum em busca de uma dica. Nada. Mandei outro e-mail e finalmente recebi uma resposta padrão agradecendo por avisar do movimento estranho do meu site e que algum dia (se não chover) eles vão revisar esses cliques.

Desde que publiquei este artigo que nenhum único clique de qualquer dos meus sites conta. Eu sei que é mera coincidência. Eu sei que ninguém do Google se deu ao trabalho de bloquear o faturamento de um pobre cronista dos tempos modernos só por que ele falou mal do Google. Claro que não. Não passa de uma mera coincidência.

Se não foi coincidência tem um imbecil lá no Google a quem eu devo um enorme obrigado. Graças a sua mediocridade eu saí da inércia e fui procurar outras formas de monetizar meus blogs. Adivinhe! Até agora, em fevereiro, com um tráfego em média 25% menor que o de Janeiro eu já faturei cinco, vou repetir, cinco vezes mais que com o AdSense.

Tive muito mais trabalho, estou tendo que repensar todo o site, procurar alternativas viáveis e experimentar muito mais. O lado bom é que faturei cinco, vou repetir, cinco vezes mais que com o AdSense.

Vou manter dois sites só com o AdSense e esse espaço aí na barra lateral só até encontrar programas de afiliados que valam a pena. E para ver, se e quando eles vão voltar a contabilizar meus cliques.

A situação é a seguinte: Se você dedica um espaço do seu site para publicidade do AdSense. Você não sabe:

  • A forma como os anúncios são escolhidos.
  • A forma como você será remunerado.
  • O valor dessa remuneração
  • Os fatores de validação ou não de um clique.

Esses quatro fatores são mantidos em segredo pela equipe do AdSense/Google com a desculpa de que a não divulgação dessas informações garante a segurança do processo. Segurança por obscuridade.

Eu sou o canal. É graças a mim e a milhões de editores como eu que o Google fatura o que fatura. Para mim o AdSense já deu o que tinha que dar.

Dinheiro com seu blog: Existe vida além do Google

Standard

Nem só de Google vive o homem. Os serviços do Google são, em sua maioria, muito bons. Não dá para negar isso. Você pode até discordar, mas como diria aquele defensor da democracia, milhões de pessoas não podem estar erradas. Ou podem?

Em busca dessa resposta, resolvi sair em campo e procurar alternativas. Como tenho me dedicado a melhorar a eficiência de alguns sites de clientes para aumentar a rentabilidade e visibilidade dos seus serviços saí em busca de alternativas aos serviços do Google, começando pelo óbvio: Análise de tráfego.

O serviço do Google para isso é o analytics. O qual, já há algum tempo vinha me decepcionando, principalmente por que só me permite analisar o tráfego dos sites um dia depois de que o tráfego ocorreu. Admito. Acompanhar o tráfego em tempo real é coisa de maluco. Exceto se você está pesquisando formas de melhorar seu conteúdo ou acompanhar o resultado de um teste qualquer. Foi usando o Clicky Web Analytics. Que consegui traçar um perfil dos agregadores nacionais.

Procurando algum serviço que me permitisse interagir com o tráfico diariamente encontrei o Clicky.

O Clicky tem algumas vantagens interessantes se comparado com o analitics, A primeira delas é exatamente a possibilidade de acompanhar o tráfego dos blogs praticamente em tempo real. Analisar imediatamente qual página está chamando mais atenção e revisar que termos de pesquisas estão provocando mais visitas no site em questão. Permitindo correções de percurso e otimizações do conteúdo durante o pico de visitas. Ainda melhor, permitindo que você possa traçar um perfil dinâmico das visitas no seu site.

Mas não é só isso. Muitos dos meus clientes de SEO possuem sites em flash, total ou parcialmente o que torna a otimização particularmente difícil, não impossível como se pensava há alguns meses, mas ainda difícil. O Clicky permite o acompanhamento de ações executadas em controles flash e Ajax com muito pouca alteração nos componentes que possuem essa tecnologia.

A integração com o wordpress é muito simples. Você pode acrescentar uma linha na sua página footer.php ou, melhor ainda, pode simplesmente adicionar um plugin no wordpress e pronto.

A interface do usuário é toda desenvolvida em Ajax e o Clicky Web Analytics libera um widget para barra lateral que pode ser utilizado para criar uma página de acesso restrito para que seus clientes também possam acompanhar o tráfego em tempo real.

Antes que alguém fale alguma coisa. Já vou avisando: Eu sei que existem sistemas de análise de tráfego que posso instalar no meu servidor para conseguir os mesmos dados. Eu uso alguns deles. Mas esses sistemas não são feitos para os usuários finais e para disponibilizar os dados que preciso para os clientes vou perder mais dinheiro em horas de serviço do que eu paguei para usar o Clicky.

Blog Corporativo
Capa do Livro Blog Corporativo
4X de R$ 10,50 sem juros

Paguei? Sim paguei. O Clicky. Tem um serviço gratuito razoavelmente bom mas as vantagens só começam a aparecer de verdade com os serviços pagos que custam a partir de US$23,00 por ano. Eu assinei o Professional que custa US$99,99, optei por esse serviço por que um dos meus clientes tem um tráfego diário maior que 30.000 pageviews.

Ainda tem uma última vantagem: O Clicky tem um serviço de afiliação. Se você assinar e divulgar pode ser que seu Clicky saia de graça para você.

Ahhhhh! Já ia esquecendo, o Clicky possuí um serviço de afiliação. Se seus leitores assinarem o Clicky através do link que você coloca no seu site você ganha 20% da assinatura. Não acredito que isso vá dar algum retorno significativo no seu site diretamente. Mas, você sempre pode vender os serviços do Clicky para seus clientes e conseguir o suficiente para que o seu saia na faixa.

Fazendo seu Blog valer, sem ganhar dinheiro

Standard

Existem muitas formas de fazer seu blog valer a pena, sem necessariamente ser através do ganho de dinheiro.

Uma dessas formas é divulgar entre seus leitores oportunidades que possam ser vantajosas para eles e para você. Tenho visto isso ser utilizado freqüentemente aqui no nosso país sem a clara declaração do que se trata. Mais como se fosse uma daquelas armadilhas de sorteio que ficaram tão conhecidas nos anos 70/80 do ano passado para assinatura de revistas. Mas existem algumas oportunidades que são Reais.

A Copa Airlines, por exemplo, está com uma promoção de sorteio de cinco, eu disse cinco, viagens para países das Américas. Você se cadastra, escolhe os seus destinos preferidos, passa alguns dados de contato e pronto, já está concorrendo.

Eu escolhi: Nova York, Los Angeles, Cancun, Buenos Aires e Santiago. O melhor é que você pode convidar seus amigos e se um deles for sorteado você também ganha.

São cinco viagens, uma por ano. Realmente as férias da sua vida.
Para se inscrever clique no botão ai do lado.

Onde está a pegadinha? Cada vez que um de vocês se inscrever aumenta a chance de eu ganhar também. Eu sei, você quer colocar isso no seu blog também. Faça assim, se inscreva, clicando no botão ao lado e inscreva uma outra conta sua para receber o link de convite.

Você vai receber um link parecido com esse.

http://www.copaair.com/planifiqueViaje/Promociones/Default.aspx?lang=PT&refid=xxxxxx&fromname=Frank+&toname=convidado&dest=xx,xx,x,x,xx

Substitua meu nome e meus dados no seu link e coloque na sua página. Boa Sorte.

Tipjoy: Uma nova forma de ganhar dinheiro com seu blog

Standard

Micro-pagamentos. Poucos centavos em gratidão ou reconhecimento por um trabalho que você aprecia. Essa idéia é antiga e está sempre pipocando na internet. Até agora ninguém encontrou uma forma simples de fazer esses micro-pagamentos. As formas mais conhecidas usam o Paypal. Quem conhece sabe que só o tempo que leva para autorizar o pagamento no paypal basta para os usuários desistirem.

Hoje foi lançada uma forma nova que leva em consideração esse senso de comunidade que vem inundando a internet de uns anos para cá. Chama-se Tipjoy (em grosso português seria a alegria da gorjeta).

A idéia é simples, você coloca um botão ou banner na sua página o leitor satisfeito clica nesse botão o banner e envia seu e-mail para a Tipjoy. Nesse momento o visitante cria uma conta de débito na Tipjoy. Esse débito é sem compromisso e pode ser saudado ou não, via paypal. No caso do débito ser saldado a TipJoy fica com 2%.

Compre no SubmarinoA parte boa é que o seu saldo de tips pode ser usado em outros blogs ou sites. Ou seja, você lê um artigo interessante e deixa uma gorjeta lá que sairá do seu saldo de gorjetas e assim por diante. Se algum dia você estiver interessado em trocar suas gorjetas por algo você poderá trocar por vales da Amazon ou doar para caridade.

Não creio que vá funcionar no Brasil, pelo menos não de imediato. Mas é uma boa forma de criar uma comunidade em torno das gorjetas. Eu cliquei no botão da Notícia Original e coloquei um ai.

A gorjeta padrão é de US$0,10 mas você pode dar mais…

Notícia Original

Para ganhar dinheiro com seu Blog

Standard

Nesse fim de semana, entre a piscina e ler notícias sobre a Microsoft, recebi um e-mail de um amigo sobre uma nova rede de parceria para anúncios na Internet.PaperJamNetworks

A empresa já começa grande e reunindo várias empresas de parceria em uma mesma rede. O sistema de inscrição é simples, apesar de estar em inglês e, a primeira vista, me parece ser uma grande oportunidade para quem quer fazer algum dinheiro com seu blog.

Mandei um e-mail para eles perguntando sobre como receber via Paypal, que eles devem responder hoje. Já registrei o tecnologia lá hoje devo incluir alguns anúncios no site para testar.

Faça o mesmo… não custa tentar e pode ser uma ótima oportunidade para ganhar algum. Inscreva-se agora PepperjamNetwork.com.

Dilbert. Eu tenho, você não tem … mas pode ter

Standard

O Criador do Dilbert, famoso personagem em quadrinhos, critica rasgada ao mundo corporativo de TI, Scott Adams acaba de condenar a internet a um mar de quadrinhos.

Acaba de liberar um widget gratuito que vai permitir qualquer blogueiro da área incluir em seu blog as famosas tirinhas. Não somente a tira do dia, mas também tiras históricas.

imagem do dilbert

Infelizmente a página de download não está funcionando no Firefox, pelo menos não no meu.

Ninguém me disse nada, mas acho que em breve, veremos alguns patrocinadores junto com as tripas do Dilbert.

Faltam algumas opções, como por exemplo, inserir no WordPress e em blogs auto hospedados. Até agora só temos o widget para sites de hospedagem de blogs, sites sociais e alguns sites de home page.

Mas com certeza a moda pega.

Ok, confesso, também não tenho. Mas tinha. Como não achei o widget para o WordPress tomei na marra o código da página deles e incluí no artigo. Até funcionou mas, depois, quebrou toda a formatação do site.

De qualquer forma de uma olhada lá. Pode ser que para a sua plataforma o Widget já esteja disponível, aí você terá e eu não…