Caiu a Ficha! Yoggie vai Abrir o Código

Standard

No século passado, quando você ainda era uma criança, as ligações telefônicas em telefones públicos eram ativadas com a inserção de uma ficha no telefone. Na grande maioria das vezes, a maldita ficha ficava presa nos intestinos da coisa e éramos obrigados a usar de violência para fazer a ficha cair e a linha ser liberada. È dessa época a expressão “caiu a ficha” passamos a dizer isso sempre que alguém demorava mais do que o necessário para entender alguma coisa e… dar linha.

Esse é o caso específico da Yoggie. Específico, exemplar e futuramente simbólico.

A Yoggie apareceu no mercado mundial há alguns anos com duas idéias revolucionárias: Uma placa com uma CPU completa rodando Linux para ser espetada em um slot e fazer todo o serviço de firewall e segurança e um dispositivo USB também rodando Linux e também responsável por toda a segurança da máquina onde estiver plugado. Este último obteve algum sucesso no mercado.

Bateu a saudade... faz um 31!!!
Creative Commons License photo credit: Ana_Cotta

Incluindo um firewall, detecção de intrusão, anti-virus, anti-spanm e agentes de segurança diversos em uma caixa contendo uma CPU ARM, 128Mb de RAM e 128Mb de memória flash constitui um verdadeiro mini-firewall implementado em hardware.

Finalmente eles resolveram abrir o código dos aplicativos que usam em seu hardware e permitir que eu, você ou quem quer que esteja interessado possa brincar com os programas em execução, criar seus próprios scripts de segurança e usar o hardware deles para o que quiser.

Oh Deus! Em pleno século XXI  a ficha ainda demora para cair… mesmo nas empresas de alta tecnologia.

One thought on “Caiu a Ficha! Yoggie vai Abrir o Código

Comments are closed.